Poesia do dia

O Impossível Carinho

Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo, quero apenas contar-te a minha ternura.
Ah se em troca de tanta felicidade que me dás, eu te pudesse repor 
Eu soubesse repor
No coração despedaçado
As mais puras alegrias de tua infância!

Manuel Bandeira