Psiquiatria


Sofrer por amor é um atraso de vida, e não há remédio que entorpeça a dor, que amenize, que anestesie, nada, nada, antidepressivo não funciona nessa hora, e cocaína não ouse. 

A indústria farmacêutica ainda está muito atrasada em relação a corações feridos, não acha? 

Psiquiatria que tal?

Martha Medeiros