Penas ao vento

Contam que, num tempo e lugar próximo daqui,  um jovem levantou falso testemunho. Ele inventou uma história repleta de meias verdades sobre uma pessoa. A mentira virou uma fofoca e se espalhou rapidamente prejudicando a vítima. Não existe mentira mais perversa do que meia verdade. Todos veem a metade verdadeira e deduzem o resto. O problema é que a outra metade era pura mentira. Ocorre que ao ver os danos causados, o jovem se arrependeu de seu pecado e procurou um padre para fazer confissão.

. Você vai pegar um travesseiro de penas, subir em um alto monte e soltar as penas ao vento."
– "Só isso?" admirou-se o penitente.
– "Sim. Depois volte aqui".
No dia seguinte o jovem voltou satisfeito.
Então o sacerdote disse:
– "Agora você está preparado para cumprir a segunda parte da penitência: volte à planície e recolha todas as penas novamente no travesseiro, depois volte para receber a absolvição". O jovem olhou sem entender:
-"Mas isso é impossível".
-"Justamente. Da mesma forma é impossível reparar a fofoca. "